quinta-feira, 22 de setembro de 2011

PRATA COLOIDAL - erros mais comuns e cuidados a serem tomados


Percebi :

- que muitas pessoas fazem prata coloidal com joias e objetos de prata,
- que fazem coloides com objetos em geral, fios de cobre, ouro de joias, etc
- que muitos fazem sem informação e  cheios de dúvidas,
- que não usam fontes adequadas, e sim adaptadas e pilhas .
- que usam voltagem e amperagem de fontes que não fazem coloides e si outra coisa ou produzem partículas maiores,
- que acham que a prata coloidal é uma santa milagrosa ( Santa Prata Coloidal e São Ouro coloidal, Nosso Senhor do Zinco Coloidal, Beato Cobre Coloidal),
- que bebem prata como refrigerante,
- que falam muito bem, mas não expõe os riscos, detalhes ou orientam você de forma adequada,
- que falam mal, mas também não explicam nada,
- que se escondem com medo não sei de que,
- que não usam medidores de partículas calibrados, para saber a quantidade de partículas correta,
- que não procedem corretamente na produção de coloides por economia
- que fazem água destilada na panela de pressão para economizar  3 reais, correndo risco,
- que acham que são os professores pardais da química e não procuram informação e leitura.
- que se baseiam no achômetro (um aparelho de medição de opiniões, pessoal, não calibrado e não aprovado pelo INMETRO),
- que publicam anúncios encantadores e cativantes sem parâmetros.



Enfim, que fazem errado, correndo riscos de intoxicação,  de causar danos  à saúde e de entrar para família Smurf, culpando a prata por atitudes irresponsáveis.


Por isso veja o seguinte e pense, pois provável que para os Curiosos e teimosos , entre em um ouvido e saia pelo outro, ou digam que falo demais, mas estão avisados:

- para fazer coloide de prata é preciso metal puro, ou a prata 1000, e somente essa, ela se apresenta em forma de grânulos, que um ourives modela em forma de eletrodos que são maleáveis.

- não use joias e objetos de prata, porque possuem outros metais em sua composição para formar liga. Esses metais são usados para dar dureza ao objeto e com certeza você estará tomando eles, correndo sério risco.

- quanto ao ouro coloidal, use 24 quilates, com a mesma pureza da prata e assim qualquer outro que for inventar de fazer, portanto só empresas ou ourives sérios que podem orientar e fornecer isso a você. Objetos do dia-a-dia contêm ligas.

- Leia tudo que puder sobre a prata e os coloides, o que são , como se forma, como são feitos, perguntem a químicos, engenheiros e outros profissionais capacitados (eles não mordem).

- Leia tudo que encontrar de bom e ruim, pois foi por isso que colocamos nesse  Blog diferentes informações, para você compreender, analisar e formar sua opinião, sem esconder nada. E se você é um profissional capacitado e ver algum erro corrija, o espaço está aberto e agradecemos.

- Não use engenhocas para fazer coloides, fontes adaptadas, pilhas, coisas contaminantes, água ordinária (inadequada). Estude e pergunte para quem é preparado para isso, técnicos em eletrônica, engenheiros, etc  ( como disse não mordem e para dialogar não paga nada).

- Leia sobre tensão, voltagem e amperagem e o modo de prepara um coloide em meio liquido corretamente para não correr riscos.

-  Prata coloidal não faz milagres e não cura tudo, é um elemento natural, que se preparado da forma adequada, produz efeitos também adequados no organismo, porém administrado seguindo os parâmetros mínimos que algumas entidades pelo mundo orientam e que já abordamos em outros tópicos.

     Você deve perguntar se não é regulamentada e reconhecida por instituições e órgãos governamentais, como dizem o quanto se pode tomar, ou usar?

     Porque fizeram pesquisas  para ver os efeitos para o ser humanos e para o ecossistema, porém como é usada de qualquer forma, melhor recomendar e avisar de seus riscos. Se não pode ir contra a Maré, avise que ela vem.

- Não abandone tratamento médico, converse com seu médico, com seu terapeuta ortomolecular, com profissionalcapacitado, não tenha vergonha ou medo, e pode rir, ou não, mas se for um bom profissional irá orientá-lo da melhor forma possível e o no máximo dizer a você que não deve usar a prata, você livre para escolher.

-  Não beba prata como café ou refrigerante, (ainda não é. A coca também não era, mas é outra história), você pode sofrer intoxicação, diarreia e comprometer seu órgãos.

- Não confie em elogios exagerados, sem que falem dos riscos e sintomas colaterais que ingerir coloides, ainda mais, mal feitos, pode causar a você.

- Não confie também em quem só fala mal e picha, pois como disse, há riscos e benefícios. A prata coloidal é milenar e usada por civilizações antigas, e outras épocas, porém seu mau uso e a falta de fatos documentos cienticamente comprovados, não prova sua eficácia e até onde pode atuar, mas sabe-se da sua capacidade de atuação.  Tudo que se tirando alguns livros de décadas atrás, alguns trabalhos em universidades têm relatos na internet, testemunhos, depoimentos e usuários sem respaldo cientifico, infelizmente.

-  Não confie em quem se esconde atrás de Nicks sem referências reais, pois  não sabemos quem são , se realmente são, se usam ou não , se apenas querem aparecer ou vender algo.
Quem existe tem identidade, nome, telefone, etc. não há porque se esconder se usou se quer dar depoimento e opinião, a Constituição garante a liberdade de expressão e ninguém irá punir ninguém por orientar, expor suas ideias sem ferir o direito de outros.

- se for fazer coloides, use fonte de energia adequada, faça com processo correto e um Medidor de PH e de Partículas para saber se está de acordo e se a quantidade de partículas está dentro do ideal para não lhe causa problemas.


- Não economize nos componentes, por causa de 1 real pode ter sérios problemas.

- Use água adequada, purificada, deionizada, destilada ou mineral de excelente qualidade, por isso é preciso medidores, ambiente adequado e com higiene.

-  Nenhum de nós somos experts para saber tudo, por isso a necessidade de ler, de profissionais , de regulamentação, pois imagine se  as empresas resolverem colocar prata em tudo para acabar com as bactérias do planeta, se todos resolverem fazer prata coloidal e curar, plantas, vizinhos, família, etc (lembre-se que no filme Guerra dos Mundos, quem derrotou os invasores foram as bactérias e não o exército americano), imaginou como seria.?

   Se fosse tudo maravilhoso e milagroso, não precisa de testes, haveria doação mundial de geradores de coloides, a prata sairia de torneiras, o governo criaria o auxilio prata coloidal para você receber seu coloide mensalmente.

   Depois de verificar como ocorre um processo de eletrólise com um químico, veja  como é o processo para a prata e ouro coloidal, pois vi que muitos adicionam um monte de coisas na água, porém não explicam o porque desses componentes, qual sua função, etc. Será que sabem?

  No caso do ouro coloidal, qual a função do citrato de sódio? Do sal de cozinha? Do peróxido de Hidrogênio, que para quem não sabe é a água oxigenada que faz um mal imenso, é corrosiva e pode causar úlceras. Para que adicionar isso no preparo do ouro coloidal, se alguém souber, explique por gentileza de forma bem compreensível para os leigos, pois é tudo muito obscuro.

  Pense bem antes, de dizer que prata não dá lucro para empresas, que o governo não tem interesse, que ninguém divulga, que isso ou aquilo. Há riscos e benefícios a serem analisados e consequências no consumo exagerado pelo humano e para a natureza.

  Melhor que venha aos poucos, entendida, exploda e que aconteça lentamente de forma consciente, por isso como já mostramos em um tópico, há dezenas de produtos que usam íons de prata, prata coloidal em suas composições e como tecnologia, veja nos t´picos que você encontrará.


- Não use o seu achômetro ou o de outra pessoa, sem ter bases informativas.  Como sempre na vida, há pessoas que agem de má fé, agem por empolgação, agem por lucratividade, agem honestamente e são má interpretadas. Leia e pesquise.

- Não se iluda com anúncios prometendo milagres e curas fantásticas, pois a prata e os coloides têm suas propriedades seus riscos, seus bons e maus resultados. O bom vendedor não fala mal de seu negócio, aproveite e pergunte se quem vende usa, é um bom começo.

- Se não foi regulamentado tudo até hoje porque será? Se for tão maravilhoso, porque não se tem no mercado ou na farmácia? Pense.  Quando aparece um novo medicamente é porque ele passou por anos de pesquisa, não é e ainda sim na maioria faz algum mal. Não entre em pânico, como disse a prata está em muitos produtos, maioria uso externo, mas está, então com o tempo, com certeza será, talvez a salvação para muitos problemas.

   Desculpe as brincadeiras, os excessos de não, mas a intenção é orientar para que vocês preservem o nosso bem maior, a nossa Saúde, a nossa qualidade de vida. Espero que aproveitem os tópicos anteriores, comente, contribuam com informações, pois aos que pregam maravilhas e falam mal é uma boa chance de comprovar e dividir o conhecimento, para que guardar para si e ter medo de dar a cara a tapa se tem convicção do que dizem. Por isso , o espaço para comentários, depoimentos, sugestões, orientações está aberto. Muitíssimo obrigado à todos . (Nanaste, Aloha, muita saúde à todos).


2 comentários:

  1. Olha, vou te dizer porque não está na prateleira das farmácias. Simplesmente porque não pode ser patenteado e gerar os lucros abusivos da indústria farmacêutica que não está interessada em curar ninguém.Porque cada pessoa que se cura é um cliente a menos para uma indústria que só visa lucro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ainda assim, observe por ai na internet, no Mercado Livre, quanta gente faturando com a prata péssima, que nem prata é. recebo muitas mensagens e muitos casos.

      Excluir

Qualquer comentário com conteúdo ofensivo será deletado. Por isso, só poste comentários que venham a contribuir para o conteúdo, sugestões, avaliações técnicas, etc. Agradecemos sua participação que é muito preciosa para nós e nossos leitores por todo mundo.