domingo, 31 de agosto de 2014

Beber água destilada faz mal?

Não. A questão não é faz mal ou não, a questão é que ao ingerir água mineral ou "torneiral", você ingere uma grande quantidade de minerais que ajudarão no "equilíbrio osmótico" das células do seu organismo.







A ÁGUA


   A quantidade de água e sais minerais na célula e nos organismos deve ser perfeitamente balanceada, qualificando o chamado equilíbrio hidrossalino.
Esse equilíbrio é fator decisivo para a manutenção da homeostase.
Além disso, eles desempenham numerosos papéis de relevante importância para a vida da célula.
A queda do teor de água, nas células e no organismo, abaixo de certo limite, gera uma situação de desequilíbrio hidrossalino, com repercussões nos mecanismos osmóticos e na estabilidade físico-química (homeostase). Isso caracteriza a desidratação e põe em risco a vida da célula e do organismo.

A água é obtida através da ingestão de alimentos sólidos ou pastosos, de líquidos e da própria água. Alguns animais nunca bebem água, eles a obtêm exclusivamente através dos alimentos.
Ao fim das reações de síntese protéica, glicídica e lipídica, bem como ao final do processo respiratório e da fotossíntese, ocorre a formação de moléculas de água. Por isso o teor de água no citoplasma é proporcional à atividade celular. Nos tecidos muscular e nervoso sua proporção é de 70 a 80%, enquanto que no tecido ósseo é de cerca de 25%.
Além da atividade da célula ou tecido, o teor de água em um organismo depende também da espécie considerada. Nos cnidários (águas-vivas) sua proporção pode chegar a 98%, nos moluscos é um pouco maior do que 80%, na espécie humana varia entre 60 e 70%.
A proporção varia também com a idade do indivíduo. Nos embriões, a quantidade de água é maior do que nos adultos.

Importância da Água
  • Ela representa o solvente universal dos líquidos orgânicos. É o solvente do sangue, da linfa, dos líquidos intersticiais nos tecidos e das secreções como a lágrima, o leite e o suor.
  • É a fase dispersante de todo material citoplasmático. O citoplasma nada mais é do que uma solução coloidal de moléculas protéicas, glicídicas e lipídicas, imersas em água.
  • Atua no transporte de substâncias entre o interior da célula e o meio extracelular.
  • Grande número de reações químicas que se passam dentro dos organismos compreende reações de hidrólise, processos em que moléculas grandes de proteínas, lipídios e carboidratos se fragmentam em moléculas menores. Essas reações exigem a participação da água.
  • Pelo seu elevado calor específico, a água contribui para a manutenção da temperatura nos animais homotermos (aves e mamíferos).

OS SAIS MINERAIS

  • Eles representam substâncias reguladoras do metabolismo celular.
  • São obtidos pela ingestão de água e junto com alimentos como frutos, cereais, leite, peixes, etc.
  • Os sais minerais têm participação nos mecanismos de osmose, estimulando, em função de suas concentrações, a entrada ou a saída de água na célula.
  • A concentração dos sais na célula determina o grau de densidade do material intracelular em relação ao meio extracelular. Em função dessa diferença ou igualdade de concentração é que a célula vai se mostrar hipotônica, isotônica ou hipertônica em relação ao seu ambiente externo, justificando as correntes osmóticas ou de difusão através da sua membrana plasmática.
Portanto, a água e os sais minerais são altamente importantes para a manutenção do equilíbrio hidrossalino, da pressão osmótica e da homeostase na célula.

Importância dos Sais Minerais

Os sais podem atuar nos organismos na sua forma cristalina ou dissociados em íons.
Os sais de ferro são importantes para a formação da hemoglobina. A deficiência de ferro no organismo causa um dos tipos de anemia.
Os sais de iodo têm papel relevante na ativação da glândula tireóide, cujos hormônios possuem iodo na sua fórmula. A falta de sais de iodo na alimentação ocasiona o bócio.
Os fosfatos e carbonatos de cálcio participam na sua forma cristalina da composição da substância intercelular do tecido ósseo e do tecido conjuntivo da dentina. A carência desses sais na alimentação implica no desenvolvimento anormal de ossos e dentes, determinando o raquitismo. Como íons isolados, os fosfatos e carbonatos atuam no equilíbrio do pH celular.
Os íons de sódio e potássio têm ativa participação na transmissão dos impulsos nervosos através dos neurônios.
Os íons cálcio atuam na contração das fibras musculares e no mecanismo de coagulação sangüínea.
Os íons magnésio participam da formação da molécula de clorofila, essencial para a realização da fotossíntese.
Os íons fósforo fazem parte da molécula do ATP (composto que armazena energia) e integra as moléculas de ácidos nucléicos (DNA e RNA).

Os sais mais comuns na composição da matéria viva são os cloretos, os carbonatos, os fosfatos, os nitratos e os sulfatos (de sódio, de potássio, de cálcio, de magnésio e outros)


http://aprendaki.webcindario.com/textos/citoquimica.htm



Como a água destilada não contém esses minerais ela passará direto pelo seu organismo, e ao invés de liberar os sais que as células precisam, levará com ela o que estiver no organismo, causando diarreia se ingerida em excesso, por isso , não troque toda água que você bebe por água destilada.

 Até pouco tempo havia uma linha que era contra por causa disso, agora virou moda. Cuidado com modismos e afirmações sem provas científicas e estudos do que acontece no seu corpo quando ingerida, principalmente em grandes quantidades.

A milênios bebemos água com minerais.


Outro fator: a água destilada desidrata.

Resumindo:

   A água destilada pode ser consumida sem quaisquer problemas, desde que a alimentação contenha os íons necessários ao organismo. É possível, inclusive, que o consumo de água destilada possa prevenir ou diminuir o aparecimento de pedras nos rins. No entanto, o consumo desta água desmineralizada não deve ser necessariamente assumido como benéfico à saúde de qualquer um. Em determinadas situações, poderá provocar carências iônicas e faltas minerais, inclusive diarreias, dependendo do consumo e absorção proveniente de outros alimentos.
   Há relatos de profissionais relacionados ao fisiculturismo e à estética que costumam beber água destilada antes de suas mostras ou apresentações, pois a substância reduz a aparência de inchaço muscular. Esta aparência ocasiona, na realidade, em desidratação do organismo.


Bem, fica a pergunta, pois não achei nenhum estudo profundo sobre a ingestão da água destilada e provas concretas, apenas depoimentos, afirmações e dissertações muito bonitas, sem nenhum parâmetro cientifico válido, testes, etc que confirmem que o uso continuo e tão somente dessa água faz tudo que afirmam. 
Se algum tiver estudos sobre seria ótimo mostrar e mais, quem afirma, bebe?

E ficam as perguntas?

- Estudos e testes de quem bebe a pelo menos 1 ou 2 anos , tem?
- Quem afirma toma?
- Quem afirma dá para a família?
- O que acontece se eu tomar por 10 anos, tão e somente água destilada, sem reposição mineral diária necessária?

Reflita e leia.



DICAS DE LEITURA

EFEITOS NA SAÚDE AO BEBER ÁGUA DESTILADA:
http://www.cyber-nook.com/water/distilledwater.htm

Google Tradutor: http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://www.cyber-nook.com/water/distilledwater.htm&prev=/search%3Fq%3DStudies%2Bshow%2Bthat%2Bdistilled%2Bwater%2Bdehydrates%26es_sm%3D93



MORTE PRECOCE VEM COM A INGESTÃO REGULAR DE ÁGUA DESTILADA:


Riscos a sáude em beber água destilada


Organização mundial da saúde : Água Potável 

Day Chet : Poruqe digo não a água destilada




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qualquer comentário com conteúdo ofensivo será deletado. Por isso, só poste comentários que venham a contribuir para o conteúdo, sugestões, avaliações técnicas, etc. Agradecemos sua participação que é muito preciosa para nós e nossos leitores por todo mundo.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.