segunda-feira, 28 de novembro de 2011

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES SOBRE A PRATA COLOIDAL (Tópico sempre em atualização)

PERGUNTAS FREQUENTES

Aqui ou em : http://www.naturalsbrazil.com.br/perguntas-frequentes?___store=default#answer8

 

Envie sua pergunta e publicaremos aqui em perguntas frequentes. Envie para naturalsbrazil@naturalsbrazil.com.br . 



PORQUE OS PRODUTOS ESTÃO EM FRASCOS E EMBALAGENS ESCURAS OU LEITOSAS?
Porque a prata coloidal é sensível à luz, sofrendo alteração de cor, então ser armazenada em embalagens adequadas, escuras, de vidro ou pet farmacêutico para garantir sua qualidade.



O QUE QUER DIZER CONCENTRADO ESCRITO NO PRODUTO?
Quer dizer que tem mais partículas por milhão (ppm) do que o recomendado para consumo pela FDA (Food and Drug Administration) e EPA  (Environmental Protection Agency) norte-americanas que é de 15 a 20 ppm por adulto de 70 kilos dia, aproximadamente 5 ml duas vezes ao dia.


 O QUE É PPM?
 Em soluções diluídas é comum utilizar a concentração em partes por milhão (ppm), que mostra o número de partes do soluto que há em 1 milhão de partes da solução. No caso a água é a solução é a prata 1000 é o soluto, então quanto falamos por exemplo 20ppm, queremos dizer que há 0,20mg de prata em 1000ml de água em partículas (Solução Coloidal é um dispersão onde as partículas dispersas têm um tamanho médio compreendido entre 1 e 100 nanômetros (nm), pequenas o suficiente para serem eliminadas pelo organismo).


O QUE É COLOIDE OU COLOIDAL?
Em química, coloides (ou sistemas coloidais ou ainda dispersões coloidais) são sistemas nos quais um ou mais componentes apresentam pelo menos uma de suas dimensões dentro do intervalo de 1nm a 1µm.
Coloquialmente, diz-se que as dispersões coloidais são dispersões intermediárias entre as soluções verdadeiras e os sistemas heterogêneos, em casos em que as partículas dispersas são maiores do que as moléculas mas não suficientemente grandes para se depositar pela ação da gravidade.
Os sistemas coloidais vêm sendo utilizados desde os primórdios da humanidade. Os povos antigos utilizaram géis de produtos naturais como alimento, as dispersões de argilas para a fabricação de utensílios de cerâmica e as dispersões coloidaticas de pigmentos para decorar as paredes das cavernas com motivos de animais , peixes e caças.
Sistemas coloidais estão presentes em nosso cotidiano, na higiene pessoal, sabonete, shampoo, cremes dentais, espuma, creme de barbear, maquiagem, cosméticos, no leite, café, manteiga, cremes vegetais e geleias de frutas. No caminho para o trabalho podemos enfrentar neblina, poluição do ar ou ainda apreciar a cor azul do céu, parcialmente explicada pelo espalhamento Rayleigh da luz do Sol ao entrar na atmosfera contendo partículas de poeira cósmica atraídas pela Terra. No almoço, temperos, cremes e maionese para saladas. No entardecer, ao saborear cerveja, refrigerante ou sorvete estamos ingerindo coloides. Os coloides também estão presentes em diversos processos de produção de bens de consumo, incluindo o da água potável, nos processos de separação nas indústrias de biotecnologia e no tratamento do meio ambiente.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Coloide


DEMORA PARA CAIR AS VERRUGAS?
     Depende do tamanho e quantidade de verrugas e se você usará de forma correta e quantas vezes ao dia, pois é demorado por se tratar de produto Natural. Pode demorar de 20 dias a 2 meses, mas as verrugas caem, sem dor, sem sofrimento e praticamente não fica marca nenhuma no local. Lembre-se que você está combatendo vírus, cujo tratamentos tradicionais costumam ser dolorosos e alguns demorados.



CURA MICOSE DE UNHA? EM QUANTO TEMPO?
    Cura sim e com bastante eficiência e em menos tempo que os tratamentos tradicionais que duram de 8 meses a 1 ano. Não há necessidade de ingerir, apenas colocar no local, sem risco para a saúde, como ocorre com os corticoides que geralmente temos que tomar. Se for liquida, passa-se e se possível coloca-se uma pequena bandagem que funcionará como uma mini compressa. Se for em creme só passar nas unhas, sem esmalte, ou na pele.
    O tempo para ver resultados vai depender dos seus cuidados e sua dedicação na aplicação da prata coloidal no local afetado.


A PRATA É TÓXICA? ELA MATA?
      A prata na forma que a conhecemos em jóias é tóxica e numa quantidade muito grande pode matar, porque é um metal com partículas grandes que acumulam no organismo, causando intoxicação, além de conter outros metais misturados para que fique mais resistente.
      A prata que nós falamos é a prata coloidal que é conseguida através do processo de eletrólise, aquecimento e agitação. A prata usada é a prata puríssima, ou chamada prata 1000, em forma de eletrodos. Nesse processo são obtidas partículas pequenas de prata pura, sem ganhar ou perder íon, o suficiente para não acumularem no organismo e serem eliminadas pelas fezes e urina, atuando como antibiótico, fungicida e antiviral natural, usado a milênios por inúmeras civilizações antigas.
     Leia mais em Sobre a Prata.



QUAL AMPERAGEM E VOLTAGEM CORRETA DA FONTE? POSSO USAR QUALQUER UMA PARA FAZER A PRATA?
      A prata que nós falamos é a prata coloidal que é conseguida através do processo de eletrólise, aquecimento e agitação. Usa-se a Prata pura ou prata 1000, sem ligas e sem outros metais. Não serve anéis, jóias, é preciso mandar fazer os eletrodos.
     Quanto a fonte usada para fazer a parta coloidal, é necessário que tenha de 12 a 35 volts aproximadamente, seja de corrente contínua, e amperagem  entre 10mA (0,01A) a 50 mA (0,05A), quanto menor , menores serão as partículas do coloide e melhor a absorção celular.
     Entenda que amperagem influencia no tamanho do coloide, portanto quanto menor melhor. A Voltagem  influencia na quantidade de coloides liberados em determinado tempo, ou seja, só influencia na concentração que você quer num determinado tempo, por exemplo, um copo de 200ml de água levaria 15min para ter 5ppm com 9volts, para ter a mesma concentração (5ppm em 200ml) usando 27volts (3x mais) levaria 3x menos tempo, ou seja 5min. Por isso: o tamanho do coloide varia de acordo com a amperagem, não importando a concentração. O importante é entender que amperagem = tamanho, voltagem = quantidade.
     Fonte pesquisa: http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-prata-coloidal--2123?page=5



Se eu fizer prata com uma bateria de 9v, isso resultará em prata coloidal ideal?
     Não é aconselhável usar baterias, segundo Kephra, por causa da oscilação de corrente conforme o desgaste da bateia no processo.
     Se você ver no fórum cgcs verá que alguns fazem prata com baterias, mas segundo li e pesquisei no fórum desse bíoquimico não é adequado, pois para  prata coloidal correta, o ideal é uma fonte de 24 a  35 volts de 10mA (0,01A) a 50 mA (0,05A)  de corrente continua, para que não haja alteração de corrente durando o processo. A prata é feita aquecida em banho maria entre 70 e 90 graus, não atingindo fervura. Há outros métodos: http://naturalsbrazil.blogspot.com.br/2016/02/metodos-para-fazer-prata-coloidal.html , onde você verá a maneira correta de fazer prata coloidal a frio e obter um resultado seguro.

 Tem gosto amargo (quanto mais ppm, mais amarga) e coloração de um amarelo palha leve a um amarelo on como chamam os alemães. Podendo ser incolor se ficar pouco tempo em eletrólise em pouca água destilada ou desmineralizada.



 A prata precisa ser feito em banho maria mesmo?
    A forma mais indicada é o aquecimento, mas dá pra fazer a frio também, porém sua prata terá mais resíduos e ficará de cinza claro para escuro metálico, dependendo do tempo de exposição em eletrólise, ambos tem efeito satisfatório, porém com aspectos e resíduos diferentes, somente não havendo garantias sobre o tamanho das partículas para que sejam realmente coloides e a presença de prata iônica. Por isso, melhor fazer pelo processo adequado para produção de coloides, com aquecimento , amperagem e voltagem corretos ou a frio com adição de carbonato e glucose: http://naturalsbrazil.blogspot.com.br/2016/02/metodos-para-fazer-prata-coloidal.html .



  Se pegar uma fonte de impressora entre 25 e 35 volts. Quanto tempo precisa ficar ligado para gerar a prata coloidal?
      Em água destilada, o tempo é de 60 minutos à 1 hora para 500 ml de água. Mas só saberá a quantidade de partículas com um medidor de TDS, mesmo que portátil, medindo a quantidade de partículas que você deseja e depois da prata fria.
       O ideal para consumo é de 15 a 20 ppm para um adulto de 60 a 70 kilos, 5ml 2x ao dia para gripes, infecções s mais sérias 3x ao dia, hiv 5 vezes ao dia. Efeito colateral somente para quem tem alergia a prata ou pode causar diarreia, por destruir as bactérias intestinais.





  O medidor TDS é pra ver quantos PPM tem a solução? Pois fico em dúvida pra saber quantos ppm tem a prata que eu produzir.
 
      Sim o medidor de TDS é para ver quantas ppms(partículas por milhão)  tem a solução, porém o portátil tem uma margem de erro de 2%. Todos eles é preciso calibrar com uma solução que  vem junto com o aparelho ou você pode usar uma que já contenha uma quantidade de partículas X ou água destilada que é 0 partículas.

     A quantidade certa é 15 a 20 ppm para ingestão, não mais que isso.

      Para passar na pele pode ir até 50ppms, é o suficiente, a mais é exagero e os resultados serão os mesmos.

     Realmente tem muitos detalhes que só com o tempo você vai aprendendo e observando, pois os que tanto pregam a parta coloidal milagrosa não explicam de forma adequada e nem dão detalhes que podem comprometer o processo, isso porque a maioria visa "lucro", como sempre. Na Europa 20 ml chega a custar 155 euros e não é nada mais que água destilada e prata 1000.



     Você  ouviu falar naquela conversa de que os geradores de prata não conseguem gerar prata, mas sim íons de prata? Será que é verdade? Qual será a diferença entre os íons de prata, e a prata propriamente dita?
       Os geradores de prata coloidal que dizem não fazer o coloide, só não vão gerar se tiverem amperagem, voltagem, tensão inadequadas. Segundo Kephra, todos os geradores domésticos produzem uma porcentagem de prata iônica, pois o processo para se produzir coloide 100% é caro e necessita de controle.
        Íons de prata (prata iônica - ganha ou perde íon) são não o mesmo que partículas de prata (prata coloidal - não ganha e nem perde íon) e os dois termos são não intercambiáveis. A prata iônica também é referida como prata monatomic e hydrosol prata por alguns produtores que optam por não descrever seus produtos usando a terminologia cientificamente correta. Estes são marketing termos usados ​​para esconder a verdade de que o que está sendo vendido é uma solução de prata iônica . Leia sobre os três tipos de prata coloidal: http://naturalsbrazil.blogspot.com.br/2016/02/os-tres-tipos-de-prata-coloidal-como.html .


COLÓIDES
    São misturas homogêneas que possuem moléculas ou íons gigantes. O diâmetro médio de suas partículas é de 1 a 100nm. 
Podem ser sólidas, líquidas ou gasosas.
O termo colóide vem do grego e significa "cola" e foi proposto por Thomas Grahm, em 1860 para as denominar as substâncias como o amido, cola, gelatina e albumina, que se difundiam na água lentamente em comparação com as soluções verdadeiras (água e açúcar, por exemplo).
Apesar dos colóides parecerem homogêneos a olho nu, a nível microscópico são heterogêneos. Isto porque não são estáveis e quase sempre precipitam.
Exemplos: maionese, shampoo, leite de magnésia, neblina, gelatina na água, leite, creme.
Suspensão – são misturas com grandes aglomerados de átomos, íons e moléculas. O tamanho médio das partículas é acima de 100nm.


    Como você sabe se a prata coloidal está com a partícula do tamanho certo para ser um coloide?  Você deve estar se perguntando. Para saber é simples, a característica é a cor em tom amarelo palha até amarelo on, o efeito tindhal que é aquele que quando você coloca um feixe de luz através do copo com prata você vê o feixe passando pela água. Essas são as característica visíveis e mais comuns, além do processo correto que foi usado para produção, a amperagem da fonte. A prata coloidal é amarelo on.                                        

    A diferença entre a prata metal partículas e a prata iônica, simplificando, é o estado que se encontra e sua carga elétrica. Vamos fazer uma comparação grosseira para você entender. Você tem um torrão de açúcar que não "derrete" ( prata metal em estado sólido, altamente tóxica se ingerida e que se entrar no organismos não sai )  e quer diluir esse torrão para não comer inteiro pois se ele entrar no seu organismo ficará prezo ou sairá inteiro podendo machucar, o que você faz? Coloca num copo com água para diluir e deixar em partículas minusculas (partículas de prata como coloides, que entrar no seu organismo, agem e depois são eliminados em 3 dias nas fezes e urina), certo? Ai você poderá beber, o organismo absorverá o necessário e eliminará o resto.
   Essa é a diferença de tamanho de partículas, mesmo num exemplo meio grosseiro. Como disse as partículas são minúsculas o suficiente, para entrar e sair do seu organismo sem causar danos (coloides). O que faz a prata coloidal , os coloides atuarem no seu corpo é a carga elétrica que ela carrega e faz com que os coloides não se juntem e grudem um no outro para formar outra forma de prata , metal, nitrato, nitrito, etc . Os íons se repelem constantemente se mantendo dispersos no meio líquido, por isso chamam-se coloides (1 a 100nm). Maior que 100nm é uma solução e pode ser qualquer outra coisa e geralmente faz mal porque não sai do organismo, acumula nos órgãos e na pele, por isso o povo fica azul. Faz errado e toma errado e se expõe ao sol por longos períodos , às vezes usando prata na pele e não pode.

   De forma simplificada é essa a diferença, a carga elétrica que dá a característica de coloide que não acumula no corpo devido ao seu tamanho pequeno. A prata iônica ela perde ou ganha íon o que lhe permite uni-se a outra substância e for um novo composto como nitrato de prata, cloreto de prata, carbonato de prata, etc e também uni-se as células da pele justamente por essa atração.




A PRATA COLOIDAL TEM PRAZO DE VALIDADE? QUAL?

 A prata coloidal verdadeira para que tenha boa eficácia pode ser usada em até 6 meses ou mais, caso não mude de cor e nem decante. Como a prata feita de forma caseira pode conter algum indicio de prata iônica que é sensível a lua ultra violeta, deve ser armazenada em recipiente âmbar, temperatura ambiente e frasco fechado. portanto, sugerimos de 4 a 6 meses, podendo ser mais caso não decante e não mude a cor.


(Texto revisado em 21/03/2016)


Aguarde próximas atualizações, participe!

AVISO: AO COPIAR NOSSOS TEXTOS, NÃO SEJA CARA DE PAU, CITE AS FONTES, POIS EXISTE UMA COISA CHAMADA DIREITO AUTORAL, NÃO CUSTA NADA SER HONESTO E NÃO SEGUIR O EXEMPLO DOS POLÍTICOS BRASILEIROS.

TEMOS VISTO MUITAS CÓPIAS IDÊNTICAS DOS TEXTOS, ATÉ COM ALGUNS ERROS DE GRAFIA PEQUENOS, O QUAL QUEM COPIA NÃO SE DÁ AO TRABALHO DE CORRIGIR. NÃO VAMOS CITAR NOMES DOS ESPERTINHOS, MAS FICA O AVISO. 

HONESTIDADE E RESPEITO NÃO É DOM É VALOR QUE SE ADQUIRE.

NÓS CITAMOS AS FONTES PORQUE SABEMOS QUE QUEM ESCREVEU TEVE TRABALHO DE FAZÊ-LO E POR RESPEITO AO CONHECIMENTO E AO SER HUMANO CRIATIVO.

NOSSOS TEXTOS SÃO REVISADOS DE TEMPOS EM TEMPOS E ALTERADOS CONFORME NOVAS INFORMAÇÕES. 

SOBRE REFRIGERANTES - VENENO?

Se você quer ter idéia do que é beber um refrigerante e o que vc está ingerindo diariamente, o que está fazendo ao seu lindo organismo, leia diretamente no Tópico da comunidade PRATA COLOIDAL no orkut: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=113703948&tid=5674436295929680677  do dia 28/11  ou aqui  abaixo a reprodução:

"
Aula sobre refrigerantes
Na verdade, a fórmula 'secreta' da Coca-Cola se desvenda em 18 segundos em qualquer espectrômetro-ótico, e basicamente até os cachorros a conhecem. Só que não dá para fabricar igual, a não ser que você tenha uns 10 bilhões de dólares para brigar com a Coca-Cola na justiça, porque eles vão cair matando.

A fórmula da Pepsi tem uma diferença básica da Coca-Cola e é proposital exatamente para evitar processo judicial. Não é diferente porque não conseguiram fazer igual não, é de propósito, mas próximo o suficiente para atrair o consumidor da Coca-Cola que quer um gostinho diferente com menos sal e açúcar.

Entre outras coisas, fui eu quem teve que aprender tudo sobre refrigerante gaseificado para produzir o guaraná Golly aqui (nos EUA), que usa o concentrado Brahma. Está no mercado até hoje, mas falhou terrivelmente em estratégia promocional e vende só para o mercado local, tudo isso devido à cabeça dura de alguns diretores.

Tive que aprender química, entender tudo sobre componentes de refrigerantes, conservantes, sais, ácidos, cafeína, enlatamento, produção de label de lata, permissões, aprovações e muito etc. e tal. Montei um mini-laboratório de análise de produto, equipamento até para analisar quantidade de sólidos, etc. Até desenvolvi programas para PC para cálculo da fórmula com base nos volumes e tipo de envasamento (plástico ou alumínio), pois isso muda os valores e o sabor. Tivemos até equipe de competição em stock-car.

Tire a imensa quantidade de sal que a Coca-Cola usa (50mg de sódio na lata) e você verá que a Coca-Cola fica igualzinha a qualquer outro refrigerante sem-vergonha e porcaria, adocicado e enjoado. É exatamente o Cloreto de Sódio em exagero (que eles dizem ser 'very low sodium') que refresca e ao mesmo tempo dá sede em dobro, pedindo outro refrigerante, e não enjoa porque o tal sal mata literalmente a sensibilidade ao doce, que também tem de montão: 39 gramas de 'açúcar' (sacarose). 
É ridículo, dos 350 gramas de produto líquido, mais de 10% é açúcar. Imagine numa lata de Coca-Cola, mais de 1 centímetro e meio da lata é açúcar puro... Isso dá aproximadamente umas 3 colheres de sopa CHEIAS DE AÇÚCAR POR LATA !...

- Fórmula da Coca-Cola?...

Simples: Concentrado de Açúcar queimado - Caramelo - para dar cor escura e gosto; ácido ortofosfórico (azedinho); sacarose - açúcar (HFCS - High Fructose Corn Syrup - açúcar líquido da frutose do milho); extrato da folha da planta COCA (África e Índia) e poucos outros aromatizantes naturais de outras plantas, cafeína, e conservante que pode ser Benzoato de Sódio ou Benzoato de Potássio, Dióxido de carbono de montão para fritar a língua quando você a toma e junto com o sal dar a sensação de refrigeração.

O uso de ácido ortofosfórico e não o ácido cítrico como todos os outros usam, é para dar a sensação de dentes e boca limpa ao beber, o fosfórico literalmente frita tudo e em quantidade pode até causar decapamento do esmalte dos dentes, coisa que o cítrico ataca com muito menor violência, pois o artofosfórico 'chupa' todo o cálcio do organismo, podendo causar até osteoporose, sem contar o comprometimento na formação dos ossos e dentes das crianças em idade de formação óssea, dos 2 aos 14 anos. Tente comprar ácido fosfórico para ver as mil recomendações de segurança e manuseio (queima o cristalino do olho, queima a pele, etc.).

Só como informação geral, é proibido usar ácido fosfórico em qualquer outro refrigerante, só a Coca-Cola tem permissão... (claro, se tirar, a Coca-Cola ficará com gosto de sabão).

O extrato da coca e outras folhas quase não mudam nada no sabor, é mais efeito cosmético e mercadológico, assim como o guaraná, você não sente o gosto dele, nem cheiro, (o verdadeiro guaraná tem gosto amargo) ele está lá até porque legalmente tem que estar (questão de registro comercial), mas se tirar você nem nota diferença no gosto. 


O gosto é dado basicamente pelas quantidades diferentes de açúcar, açúcar queimado, sais, ácidos e conservantes. Tem uma empresa química aqui em Bartow, sul de Orlando. Já visitei os caras inúmeras vezes e eles basicamente produzem aromatizantes e essências para sucos. Sais concentrados e essências o dia inteiro, caminhão atrás de caminhão! Eles produzem isso para fábricas de sorvete, refrigerantes, sucos, enlatados, até comida colorida e aromatizada.

Visitando a fábrica, pedi para ver o depósito de concentrados das frutas, que deveria ser imenso, cheio de reservatórios imensos de laranja, abacaxi, morango, e tantos outros (comentei). O sujeito olhou para mim, deu uma risadinha e me levou para visitar os depósitos imensos de corantes e mais de 50 tipos de componentes químicos. O refrigerante de laranja, o que menos tem é laranja; morango, até os gominhos que ficam em suspensão são feitos de goma (uma liga química que envolve um semipolímero). Abacaxi é um festival de ácidos e mais goma. Essência para sorvete de Abacate? Usam até peróxido de hidrogênio (água oxigenada) para dar aquela sensação de arrasto espumoso no céu da boca ao comer, típico do abacate.

O segundo refrigerante mais vendido aqui nos Estados Unidos é o Dr. Pepper, o mais antigo de todos, mais antigo que a própria Coca-Cola. Esse refrigerante era vendido obviamente sem refrigeração e sem gaseificação em mil oitocentos e pedrada, em garrafinhas com rolha como medicamento, nas carroças ambulantes que você vê em filmes do velho oeste americano. Além de tirar dor de barriga e unha encravada, também tirava mancha de ferrugem de cortina, além de ajudar a renovar a graxa dos eixos das carroças. Para quem não sabe, Dr. Pepper tem um sabor horrível, e é muito fácil de experimentar em casa: pegue GELOL spray, aquele que você usa quando leva um chute na canela, e dê um bom spray na boca! Esse é o gosto do tal famoso Dr.Pepper que vende muito por aqui. 
- Refrigerante DIET
Quer saber a quantidade de lixo que tem em refrigerante diet? Não uso nem para desentupir a pia, porque tenho pena da tubulação de pvc.... Olha, só para abrir os olhos dos cegos: os produtos adocicantes diet têm vida muito curta. O aspartame, por exemplo, após 3 semanas de molhado passa a ter gosto de pano velho sujo.

Para evitar isso, soma-se uma infinidade de outros químicos, um para esticar a vida do aspartame, outro para dar buffer (arredondar) o gosto do segundo químico, outro para neutralizar a cor dos dois químicos juntos que deixam o líquido turvo, outro para manter o terceiro químico em suspensão, senão o fundo do refrigerante fica escuro, outro para evitar cristalização do aspartame, outro para realçar, dar 'edge' no ácido cítrico ou fosfórico que acaba sofrendo pela influência dos 4 produtos químicos iniciais, e assim vai.... A lista é enorme.

Depois de toda essa minha experiência com produção e estudo de refrigerantes, posso afirmar: Sabe qual é o melhor refrigerante? Água filtrada, de preferência duplamente filtrada, laranja ou limão espremido e gelo... Mais nada !!! Nem açúcar, nem sal.

(AUTOR: ANÔNIMO - por motivos óbvios)

ENTÃO, VOCÊ VAI CONTINUAR ESSE MAU HÁBITO OU MUDAR PARA HÁBITOS MAIS SAUDÁVEIS TEM MUITO TROUXA QUE AINDA “BEBE” ESSES LIXOS !!!???
SUA SAÚDE AGRADECE... 
Quando você acaba de beber um refrigerante
Prof. Dr. Carlos Alexandre Fett
Faculdade de Educação Física da UFMT Mestrado da Nutrição da UFMT
Laboratório de Aptidão Física e Metabolismo - 3615 8836
Consultoria em Performance Humana e Estética **O QUE ACONTECE QUANDO VOCÊ ACABA DE BEBER UMA LATA DE REFRIGERANTE**

Primeiros 10 minutos:
10 colheres de chá de açúcar batem no seu corpo, 100% do recomendado diariamente.
Você não vomita imediatamente pelo doce extremo, porque o ácido fosfórico corta o gosto.

20 minutos:
O nível de açúcar em seu sangue estoura, forçando um jorro de insulina.
O fígado responde transformando todo o açúcar que recebe em gordura (É muito para este momento em particular).

40 minutos:
A absorção de cafeína está completa. Suas pupilas dilatam, a pressão sanguínea sobe, o fígado responde bombeando mais açúcar na corrente. Os receptores de adenosina no cérebro são bloqueados para evitar tonteiras.

45 minutos:
O corpo aumenta a produção de dopamina, estimulando os centros de prazer do corpo.. (Fisicamente, funciona como com a heroína..)

50 minutos:
O ácido fosfórico empurra cálcio, magnésio e zinco para o intestino grosso, aumentando o metabolismo.
As altas doses de açúcar e outros adoçantes aumentam a excreção de cálcio na urina, ou seja, está urinando seus ossos, uma das causas das OSTEOPOROSE.

60 minutos:
As propriedades diuréticas da cafeína entram em ação. Você urina.
Agora é garantido que porá para fora cálcio, magnésio e zinco, os quais seus ossos precisariam..
Conforme a onda abaixa você sofrerá um choque de açúcar..
Ficará irritadiço.
Você já terá posto para fora tudo que estava no refrigerante, mas não sem antes ter posto para fora, junto, coisas das quais farão falta ao seu organismo.

*Pense nisso antes de beber refrigerantes.
Se não puder evitá-los, modere sua ingestão!
Prefira sucos naturais.
Seu corpo agradece!*

Se achar interessante, repasse.
Certamente estará fazendo bem a alguém. "
Entenderam? Há muitas coisas mais saudáveis para se beber por isso repense com carinho sobre o assunto e veja se vale a pena fazer tanto mal a si mesmo. Ou ao menos compense com um estilo de vida mais saudável, um alimentação rica  em vitaminais , minerais e que seja mais alcalina.


" A maior arma contra a exploração é a informação e a cultura  e o  que mais os fortalece é nosso silêncio"

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Alcalinidade, a fonte da juventude ou da longevidade.

Lembra-se desse video?

DR. LAIR RIBEIRO - O RISCO DE BEBER ÁGUA ENGARRAFADA

 

  Pois é, ele está certo e não é de hoje. Para completar a informação que o Dr. Lair nos dá sobre alcalinidade, a mesma descrita por Antonie Béchamp,  por Guenther Enderlin, quando falam do equilibrio dos fluídos do nosso corpo que para não adoecer deve ter o sistema de defesa fortalecido, o metabolismo deve ser acelerado para que haja o transporte de nutrientes para dentro das células e a eleiminação de toxinas, os cuidados com a coagulação do sangue e seu ph que é alcalino e assim deve permanecer.

 Dr Lair deixa bem claro sobre o Ph do sangue e como certos alimentos da vida moderna, como os refrigerantes com seu PH baixíssimo torna nosso organismo ácido e um meio adequado para a proliferação de microorganismos causadores das doenças da vida moderna.


Tudo isso, vem de encontro a tudo que nutrologos, naturalistas e vegetarianos falam o tempo todo e ninguém escuta: Equilíbrio interno do nosso corpo e dos fluídos que banham as células.

Alcalinidade quer dizem organismo saudável e organismo saudável não adoece. Alimentos antoxidantes (como agrião, couve e verdes escuros, entre outros) provovem essa alcalinidade. Evitar o máximo possível a tentação dos industrializados, apesar de fazenrem parte da vida da cidade, é muito importante, pois se você olhar por um determinado ângulo, quase tudo que comemos está alterado de alguma forma, seja pela matéria prima e componentes dos alimentos contaminados pelos agrotóxicos, por pesticidas, por terra não saudável (PH Inadequado também), por micro organismos, por água inadequada com baixo Ph, enfim, é difícil determinar o que é saudável nas cidades, porém, há sempre uma opção para quem quer reduzir ao máximo esses fatores causadores de doenças.


Ficamos doentes em parte, porque queremos e porque não temos a consciência de tudo que foi dito acima e o que está nos links que deixarei abaixo. você é aquilo que você quer ser, ou como dizem " Somos aquilo que comemos" . Agora essa frase faz sentido, não acha?

Você pode dizer, falar é fácil, tudo é muito caro, e bla bla bla. Porém, um pé de couve, frutas de época, hortaliças não são caras e se você for ver, a melhor parte delas é jogada fora e se tivermos boa vontade, na feira, só pedir para deixar, as folhas e talos de algumas plantas.  De graça. Você paga e joga fora a parte mais nutritiva do alimento que pode ser usada em bolos, pães, refogados, sucos, etc.


Reavalie sua alimentação e sua vida se está sedentária e verá que poderia e todos nós poderíamos estar bem menos doentes.

Abaixo o link sobre alcalinidade, excelente da Difusão Auto ecologia: http://www.difusaoautoecologia.com/auto_ecologia/acido_e_alcalino.htm

Trecho:

Quando optamos pela preservação, prevenção e revitalização da saúde física, equilíbrio emocional e potência mental com o objetivo de usufruirmos o máximo da nossa condição humana, é fundamental que nos conscientizemos de que, por mais impossível que possa parecer, tudo isso depende, diretamente, da qualidade de vida de nossas células – a qual, por sua vez, reflete a diferença do potencial de hidrogênio (pH) entre os líquidos intra e extra celulares.
Classifica-se como alcalina qualquer substância composta por moléculas que tenham excesso de elétrons (em relação aos prótons), ou qualquer movimento físico, atitude mental e emoção/sentimento cujo resultado metabólico disponibilize um superávit de elétrons, armazenados no organismo como resíduos alcalinos.
Ácidos são todos os compostos com excesso de prótons, ou ainda qualquer coisa absorvida ou vivenciada que traga um excedente de carga elétrica positiva (sempre carente de estabilidade) para o organismo. Por exemplo, a origem das reações oxidantes promovidas pelos radicais livres, que resultam na proliferação de resíduos ácidos.
A Unidade pH
pH é a abreviação de “potencial de hidrogênio”, fator que identifica a carga elétrica de qualquer substância numa escala que varia de 0 a 14. O zero registra o máximo de carga iônica positiva, isto é, de acidez.. O 14 é a contagem máxima de carga iônica negativa, isto é, de alcalinidade. O 7 marca a neutralidade.
Enquanto o pH da saliva ou da urina saudável é ligeiramente ácido (6,4), o sangue,
o suor, as lágrimas, os líquidos cefaloraquidiano e peritoneal, as linfas e os humores aquosos do corpo humano estão saudáveis quando ligeiramente alcalinos, podendo o seu pH variar na faixa de 7,36 a 7,42.
Dentre todos os líquidos do corpo, o sangue, pelas suas funções de mediador, solvente, provedor e agente de ligação entre os órgãos e tecidos, é o mais importante. Qualquer variação brusca no pH sangüíneo compromete não só o estado de consciência do Ser como a própria vida. Se o sangue desce a um pH de 6,95, entra-se em estado de coma, e a partir do pH 7,7 tornamo-nos extremamente irritados, espasmódicos e propensos à tetania e convulsões.

.......

continue ......

http://www.difusaoautoecologia.com/auto_ecologia/acido_e_alcalino.htm



Mais sobre alcalino e ácido:

- Suco de Luz do sol: http://www.docelimao.com.br/site/entrevistas/video/424-sucos-de-luz-do-sol.html

A Receita Básica para 1 pessoa
Ingredientes:
  • 1 maçã média picada com casca e sem semente (a maçã irá dar o tom de doçura do suco). Iniciantes precisam colocar mais maçã (tipo 1 grande ou 2 pequenas) para irem se adaptando aos novos sabores, principalmente das folhas.
  • Opcional: 1/2 pepino médio (cuidado pepinos não orgânicos contém elevado teor de contaminação por agrotóxicos). Sua principal função é ser o socador para forçar os ingredientes a entrarem no fluxo do liquidificador.
  • 3 folhas de couve (manteiga, do brócolis ou da couve-flor) ou outra hortaliça verde escura (escarola, folha da beterraba, rama da cenoura).
  • 3 ramos de hortelã, capim limão ou erva cidreira.
  • 1 mão de girassol germinado (sem casca) ou 2 mãos (se for com casca).
  • 1 cenoura média.
  • Suco fresco de 1 limão médio (responsável pela rápida alcalinização e assimilação dos minerais).
  • Opcional: 1/2 xícara (chá) de legume picado como abóbora ou chuchu.
Preparo:
Coloque a maçã picada no liquidificar, acrescente o suco fresco do limão e use o pepino como socador até que o primeiro líquido se forme. Se não quiser usar o pepino, costumo dobrar uma folha de couve e usá-la com a mesma função. Coe num coador de pano - ver Panelas Furadas a - e volte para o liquidificador. Acrescente as sementes germinadas, as folhas verdes, o legume e a raiz. Coe e beba imediatamente.
(a) Este suco, quando tomado em jejum (seu horário ideal de toma) SEMPRE deverá ser coado na Panela Furada 1 (PF1), feita em voil (organza). Nos demais horários usar a Panela Furada 2 (PF2). No caso de preparo para crianças SEMPRE deverá ser coado na PF1, independente do horário quando será oferecido.


- Alimentos ácidos e alcalinos: http://alimentosacidosealcalinos1e.blogspot.com/
- Nosso sangue não pode ser ácido: http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/conteudo.asp?id=3548
- Controlar o PH do corpo significa ter saúde, incluindo o uso do limão que é alcalinizante :
http://www.vidaesaude.org/nutricao-saude/controlar-o-ph-do-corpo-significa-ter-saude-e-ficar-livre-de-doencas.html

-Equilibrando alimentos ácidos e alcalinos: http://www.curaeascensao.com.br/alimentacao_saude/alimentos/alimentos8.html





Fonte da tabela acima: http://www.curaeascensao.com.br/alimentacao_saude/alimentos/alimentos8.html


 E assim muitos outros links que falam a mesma coisa e ninguém ouve. Todos lêem mas não praticam nada, e continuam cada vez mais doentes.


Antonie Béchamp - A causa primária das doenças encontra-se no próprio organismo

Antonie Béchamp - A causa primária das doenças encontra-se no próprio organismo. O texto do site Difusão Auto Ecologia, explica perfeitamente quem foi Antonie Béchamp e sua teoria, que coloca abaixo tudo que é defendido até hoje sobre as doenças.

A maior causa das doenças está em nosso próprio organismo, que com o desequilíbrio do meio interno, a intoxicação por substâncias e alimentos inadequados, tem todos os fluídos orgânicos onde as células estão banhadas , alterados  causando o meio propicio para que microorganismo proliferem e provoquem doenças de todos os tipos.

isso vem de encontro a tantos alertas dados por nutrologistas, naturalistas sobre os alimentos, que eles podem curar e sobre a água alcalina, pois estes usados de forma correta, mantém nosso organismo em perfeito equilíbrio. è claro que muitos alimentos estão contaminados pelos agro tóxicos e outras substâncias, porém uma vida saudável significa vida longa, sem muitas doenças e sem sofrimento.

Leia o texto completo em:  http://www.difusaoautoecologia.com/auto_ecologia/onde_esta_o_conhecimento.htm  , pois é muito importante e você entenderá o que muitas pessoas falam, sobre, saúde, alimentos, alcalinidade e doenças.

Pequeno trecho tirado do link acima:

Claude Bernard talvez tenha sido o fisiologista mais importante do século XIX. Ao constatar que as células são os elementos fundamentais do organismo e que existe um sistema fisiológico capaz de manter o meio ambiente interno – o milieu interieur – inalterado e independente das variações externas, foi o primeiro a declarar que:

É a estabilidade do meio interno que nos dá condições de termos uma vida livre (1) (comparando-nos às plantas que não podem se locomover).

O organismo vivo, embora necessite do ambiente que o circunda, é, relativamente, independente deste... (pois) os tecidos, por se encontrarem protegidos por um meio ambiente interno constituído pelos fluidos do organismo, estão isentos da influencia direta do meio externo. 
(2)

Caso algum dia, a fisiologia venha a se estabelecer como ciência, será possível, através de modificações do meio ambiente interno, isto é, do sangue, exercitarmos nossa vontade sobre os elementos (as células) que constituem o nosso corpo... (e) aprendendo as leis que controlam essas diversas relações, seremos capazes de regular e modificar, ao bel prazer, nossas manifestações vitais. 
(3)

............


      Na verdade, Béchamp morreu sem ter dúvida alguma de que:

A causa primária das doenças encontra-se dentro do próprio organismo;

Os microrganismos são entidades poliformes, cujo estágio de transmutação testemunha o grau de intoxicação e desequilíbrio do “meio interno”, ou seja, dos fluidos orgânicos onde todas as células encontram-se banhadas.



    Continue lendo : http://www.difusaoautoecologia.com/auto_ecologia/onde_esta_o_conhecimento.htm 


   Abaixo um vídeo bem interessante sobre Antonie Béchamp e Pasteur, uma comparação entre as duas teorias e a saúde:

   Uma observação, abaixo do vídeo na barra que tem o play , ao lado de 360p há duas letras CC que é um recurso novo do youtube, é para ativar as legendas no idioma da sua preferência (clique em traduzir legendas e escolha o idioma). Como o vídeo está em inglês, ative a legenda em português, ok?

                                           http://www.youtube.com/watch?v=iY4LqStXgKE

Ótima leitura e espero que se concientize que somos o meio em que vivemos, nada mais. Tudo é vida!




sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Brasil, maior consumidor de agrotóxico do planeta?


Mais um post para falarmos sobre saúde e alimentos. Os  alimentos
presentes no planeta, assim como tudo na Terra deve estar em equilíbrio.
Os alimentos e a água curam e evitam doenças, mas veja como isso com
certeza está longe de acontecer, pois ingerimos venenos em tudo,
agrotóxicos, hormônios dos plásticos, corantes, conservantes,
aromatizantes e tantos outros.

Assista o vídeo com atenção e reflita:

 


ELIMINANDO PARTE DOS AGROTÓXICOS DOS ALIMENTOS


COMO REDUZIR OS AGROTÓXICOS DOS ALIMENTOS

Esta é uma dica para reduzir os agrotóxicos dos alimentos. O melhor é consumir somente produtos orgânicos, mas nem sempre eles são encontrados facilmente.

No caso das frutas e legumes, o mais seguro é comer sem casca – é melhor perder alguns nutrientes que ingerir agrotóxico!
Quanto às verduras, a grande arma contra os agrotóxicos é o bicarbonato de sódio.

Primeiro,
lave bem as verduras com água corrente. Em seguida, use vinagre para
combater as bactérias: duas colheres para um litro de água. Água
sanitária também serve: uma colher de chá para um litro de água. Deixe de molho por três minutos.

Lave novamente e ponha as verduras em uma solução
de água com bicarbonato de sódio. Uma colher de bicarbonato para um litro de água. Deixe de molho de 20 a 30 minutos. Esse é o tempo
suficiente para retirar os agrotóxicos. A seguir, essas verduras podem
ser lavadas e consumidas.

Segundo técnicos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, o bicarbonato elimina de 80% a 90% do agrotóxico das verduras.


Fonte: http://curapelanatureza.blogspot.com/2008/03/como-reduzir-os-agrotxicos-dos.html



SITIO CATAVENTO UM EXEMPLO DE QUALIDADE, depois dizem que não é possível: http://www.cnpma.embrapa.br/nova/mostra2.php3?id=389

Acho que vou fazer a minha horta, bem que seja em vasos!!!! Depois perguntam, qual a causa do câncer, entre outras causas.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Quanto custa fazer a prata coloidal?

Abordamos em outros tópicos como se produzir a prata coloidal e também os erros mais comuns.
Agora somente lembramos que leia os tópicos anteriores, pois é muito importante.

Para fazer a prata coloidal em casa você precisa de :

- um par de eletrodos de prata 1000 (prata pura, sem ligas com outros metais).

      O preço do grama da prata gira em torno de 3 reais, portanto 2 eletrodos devem sair 6 reais + o trabalho do ourives em modelar essa prata em forma de eletrodos. Ai você deverá negociar, podendo sair o dobro (12 reais) ou mais um pouco. Somente deve ter certeza da origem dessa prata .A prata puríssima se apresenta em forma de grânulos e para saber se é pura o ourives pode testar na sua frente com o uso de ácido específico.


- Uma fonte de 24 a 35 volts, de 10mA (0,01A)a 50 mA (0,05A) com corrente contínua.

     Se você tiver capacitação pode fazer uma ou comprar. Normalmente se encontra amperagem de 50mA
(0,05A) e amperagens mais baixas são mais difíceis, mas encontra-se. Em média você gastará aproximadamente 50 a 60 reais numa fonte adequada. Não vou dar detalhes técnicos pois não sou especialista nisso, mas se alguém puder pode postar comentários com dados mais precisos sobre fontes, correntes, etc.


- Um recipiente para por a água para banho maria.

- Um recipiente graduado, de preferência de vidro para ir ao calor.

- Dois jacarés pequenos para prender os eletrodos.

- Água de injeção, desmineralizada ou deionizada, destilada. Varia o preço de 3 à 8 reais, o litro. (A preferência por essa água é para que depois você possa medir as partículas com um medidor de TDS que você acha em lojas de aquarismo ou no Mercado Livre), pois se usar água mineral que já terá partículas, não terá noção da quantidade de partículas que estará ingerindo.

- Fonte de calor.


    Simplificando para fazer a prata coloidal você não gastará  mais que 100 reais para fazer a prata coloidal pela primeira vez, depois só gastará os eletrodos que rendem mais de 15 vezes. Por isso, não se explica os preços exorbitantes da prata encontrada em sites na Europa, nos EUA e em outros países. Tudo bem que vão dizem que usam laboratório adequado, embalagem, pessoal entre outros, mas, mesmo assim não se justifica cobrar até 155 euros em 20 ml de prata coloidal. Sabemos que o comércio deve ter lucro, mas sem exageros e abusos. Por isso, pense e repense, porque a prata coloidal não está nas prateleiras das farmácias? Quem vai lucrar com isso? Quantos oportunistas irão aparecer? Quantos monopólios irão se formar em torno dessa tecnologia? A sua prata feita em casa será crime e a deles não? Reflita.


Se você não quer correr o risco compre sua fonte de fornecedores que já mexem com a parta coloidal a anos e tem fontes preparadas e adequadas para fazer a prata. Quanto a preços, cada um é responsável pelo que pratica, cabendo a você a decisão de onde comprar.


*****************************************************************************

Fazendo prata coloidal em casa de forma correta  e segura em casa:





Fazendo em casa com mais precisão:

          


Leia também:

PRODUÇÃO DE PRATA COLOIDAL - AMPERAGEM E VOLTAGEM CUIDADOS

http://naturalsbrazil.blogspot.com/2011/09/producao-de-prata-coloidal-amperagem-e.html

 

PRATA COLOIDAL - erros mais comuns e cuidados a serem tomados 

http://naturalsbrazil.blogspot.com/2011/09/parat-coloidal-erros-mais-comuns-e.html


Efeito da tensão sobre a produção de prata coloidal - Artigo cgcsforum

http://naturalsbrazil.blogspot.com/2011/09/efeito-da-tensao-sobre-producao-de.html

 


Mais leituras:

A corrente elétrica e suas fontes: http://omnis.if.ufrj.br/~ladif/tea/fenel/eletro-capitulo5.pdf
Fonte de alimentação AC/DC: http://www.feiradeciencias.com.br/sala15/15_07a.asp
Fonte para prata coloidal: http://www.4shared.com/document/jJi4aItw/Fonte_prata.html



Se desejar pode comprar o seu manual de como fazer sua prata coloidal passo-a-passo, numa linguagem simples para leigos, sem complicação: http://www.naturalsbrazil.com.br/manual-como-fazer-sua-prata-coloidal-passo-a-passo.html








domingo, 13 de novembro de 2011

Lição de Vida - Nick Vujicic - Maravilhoso

Uma lição de vida, mais uma para todos nós, perfeitos, com braços e pernas, mesmo doentes, ou sem um deles, mas perfeitos. Tudo é difícil, nada funciona, não é?

Então assista ao menos uma vez:





Obrigado!!

Ideal para quem gosta de reclamar da vida e esbanjar comida e água. Então PARE!

Para quem acha que a vida é dura, que a comida é ruim, que tá duro, quem reclama o tempo todo de tudo, que acha que está difícil, mas come e bebe, bem ou mal, muito ou pouco, mas se alimenta. Ganha muito ou pouco, mas ganha. Acha que o trabalho está difícil, mas trabalha, então assista o víseo, depois continue a reclamar.



Ajudou em algo? 
Que silêncio hein? 
Vergonha? 
Pois é, também fiquei.

Obrigado Deus por viver dessa lado do mundo e ter o que tenho, viver como vivo e agora é meta não disperdiçasr alimento, água ou algo que possa falatar à alguém nesse mundo.

Para quem gosta de Refrigerantes e Água Mineral em garrafa plástica

Para quem gosta de refrigerante e água mineral em garrafa de plástico, assim como outros líquidos embalados no mesmo material, incluindo a que fica no carro ou nosol. Sei que o assunto não tem nada haver com a prata mas tem haver com a saúde.

Produto em material plástico deveria permanecer refrigerado. Outro detalhe o PH da água e do refrigerante, veja porque isso é causa de câncer, engordar e muitas outras doenças

Assistam o vídeo por favor.





http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=k_J0oAC0sug#


Isso é causa de câncer, engordar sem motivo, entre outros. Aos homens: vocês
estão ingerindo xenoestrogênio do plástico aquecido, que é liberado no
líquido que o contem, é um hormônio estrogênico, por isso, cuidado.

domingo, 6 de novembro de 2011

INDICE COM TODOS OS TÓPICOS DO BLOG NATURALS BRAZIL

INDICE COM TODOS OS TÓPICOS DO BLOG

   

Arquivo do blog



      


















▼  2013 (10)





▼  2011 (70)